Sexta-feira, 26 de Março de 2004

PRAZERES IRREFUTÁVEIS - «AQUI SOMOS FELIZES»

sleeve_sunburstsnowblind.jpg
Como nasce a crítica de que a sociedade de consumo conduziu tão rapidamente a partir dos anos 60 ao triunfo do consumismo ? É que as palavras de ordem então lançadas: «tudo,já»,«morte ao aborrecimento», «viver sem tempos mortos e fruir sem entraves», aplicam-se mais ao domínio do amor e da vida que ao comércio. Acreditava-se subverter a ordem estabelecida, favorecia-se de completa boa-fé a propagação do mercantilismo universal. É na ordem da fome e da sede que tudo se transforma imediatamente acessível quando o coração e o desejo têm os seus próprios ritmos, as suas in-termitências. A intenção era libertária não confundir com an-arquia,o resultado mostrou-se publicitário: tem menos liberdade a libido que o nosso apetite pelas compras sem limite, a nossa capacidade de fazer mão baixa sem restrições sobre todos os bens. Bela imagem do revolucionário transformado em prospector preferido do kapital, no que se tornaram por fim o movimento operário, o marxismo e a esquerda radical, capazes de criticar uma falha do Sistema e de permitir a este reformar-se sem custos de maior. Seja o que for que se pense, é muito divertido,pois que, como na moda, adopta-se apaixonadamente o que nos é proposto como se tivesse sido escolha nossa. Já sabemos: não se refuta um prazer com anátemas, absorve-se, suplanta-se com um maior. O consumismo repugna-vos como vos repugnam esses bezerros que pisam o chão dos supermercados e dos grandes armazéns ? Inventai outras alegrias, criai novas tentações! Mas, por favor, deixai-vos de lamúrias!

publicado por jmdslb às 01:16
link do post | comentar | favorito
|
24 comentários:
De Anónimo a 27 de Março de 2004 às 15:04
Para sempreespecial!Bom convite pra ir ao teatro,como dizia Saint-Exupéri «o essencial é invisível»,na obra "O Principezinho",mas hoje vai ser díficil.Bom FDS!Jinhos!!!!!!!!!!!!!!Joao
</a>
(mailto:JMDslbjoao@sapo.pt)


De Anónimo a 27 de Março de 2004 às 14:49
Kabecinha Louka voltarei sempre!Não me esqueço.MUAH!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Joao
</a>
(mailto:JMDslbjoao@sapo.pt)


De Anónimo a 27 de Março de 2004 às 14:47
ApitBull esse é o pior dos cenários.Todo o mundo deseja aparentar TER,o que tens toda a razão e as consequências são terríveis:é o capitalismo que nós temos,mais de meio mundo tá endividado à banca e não só.Bom olhar.Jinhos!!!!!!!!!!!!!1Joao
</a>
(mailto:JMDslbjoao@sapo.pt)


De Anónimo a 27 de Março de 2004 às 14:44
RE:Para alma gémea!Claro, that's right,indubitavelmente tás com razão.Beijos! Joao
</a>
(mailto:JMDslbjoao@sapo.pt)


De Anónimo a 27 de Março de 2004 às 11:29
desta vez, fui eu... Gostei da imagem,que não conhecia.Agora não só a conheço e como tambem já a tenho... :) Sábado bom. Vai ao teatro! :)))nadaespecial
(http://amoergosum.blogs.sapo.pt)
(mailto:verdepinho@portugalmail.pt)


De Anónimo a 27 de Março de 2004 às 10:55
Oia joão volta tenhu mt de flar ktg Eu peciso de tuh malukita
(http://eskesito.blogs.sapo.pt)
(mailto:cgh@mb.pt)


De Anónimo a 27 de Março de 2004 às 02:57
Concordo. Infelizmente vivemos numa sociedade fraca e superficial. SER nem se usa, TER pouco importa, APARENTAR TER é o que de facto conta. Enfim :(((( não é lamúria mas sim ver a realidadeApitBull
(http://apitbull.blogs.sapo.pt)
(mailto:ApitBullapitbull@hotmail.com)


De Anónimo a 27 de Março de 2004 às 01:03
É, tudo me parece um contínuo - o consumismo e o exterior mostram, revelam o interior.Miss Kakfa
(http://www.kafkiano.blogspot.com)
(mailto:blogkafkiano@hotmail.com)


De Anónimo a 26 de Março de 2004 às 20:13
ÔI sempreespecial!Tb concordo contigo!Sempre foram essas as contradições do capitalismo como já disse anteriormente Marx.Volta sempre.Beijo!!!Joao
</a>
(mailto:JMDslbjoao@sapo.pt)


De Anónimo a 26 de Março de 2004 às 19:27
Amei a citação anterior. De facto a contradição mor do sistema reside aí. Abraço de boa noite. nadaespecial
(http://amoergosum.blogs.sapo.pt)
(mailto:verdepinho@portugalmail.pt)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Vita Nuova

. ...

. Saudade ll

. ANGEL

. SIRENIA

. OT3P

. STEVE VAI

. The Raconteurs

. Dimebag Darrel

. Zakk Wilde's tribute to D...

.arquivos

. Outubro 2011

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

.links

.as minhas fotos

.Player Guitar

EscudoAca.jpg

philosop.gif

Zakk Wylde Zakk Wylde: National Anthem

Add to My Profile | More Videos
logo_che.gif

.KLIK EM CADA VIDEO-THERÍON

.FILOSOFIA E LITERATURA

.Contador



.MYSPACE - BANDAS

.subscrever feeds