Sexta-feira, 11 de Junho de 2004

ATÉ AMANHÃ CAMARADA - VAIS FAZER FALTA

getimage.jpg

Última Vontade. Morrer assim / como outrora o vi morrer – , / o amigo que lançou relâmpagos e olhares / divinos na minha escura juventude: / – malicioso e profundo, / um bailarino na batalha –, // entre guerreiros o mais jovial, / entre vencedores o mais grave, / um destino sobrepujando o seu destino, / duro, pensativo, clarividente –: // estremecendo porque vencia, / exultando porque morrendo vencia –: // ordenando, ao morrer, / – e ordenou o aniquilamento... // Morrer assim / como outrora o vi morrer / vencendo, aniquilando... Nietzsche

publicado por jmdslb às 13:43
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De Anónimo a 14 de Junho de 2004 às 00:38
Oi adesse!Obrigado pelo teu comentário.É nestes momentos cruciais e graves que se vê a solideriedade.Beijos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Joao
</a>
(mailto:JMDslbjoao@sapo.pt)


De Anónimo a 13 de Junho de 2004 às 20:57
sem dúvida! homens como estes fazem falta. Abraço para ti, este de felicitações. Trazes sempre a pertinente actualidade para o teu blog. ;-)**adesse
(http://sulanorte.blogs.sapo.pt)
(mailto:skuld_m@hotmail.com)


De Anónimo a 12 de Junho de 2004 às 04:40
É, Terminal!É com grande pesar que dois grandes democratas e homens de Abril nos deixaram.Homens com convicções que lutaram pela coisa pública e pela justiça social,cada um à sua maneira,mas democraticamente.Um voto de pesar por eles.Quanto ao Lino de Carvalho a "Luta Continua".Abraço amigo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Joao
</a>
(mailto:JMDslbjoao@sapo.pt)


De Anónimo a 12 de Junho de 2004 às 04:35
Podes crer Jorge!Os bons vão-se,ficam os piores.Como já disse,este é o momento para a gente pior!!!!!!!!!!!!!Joao
</a>
(mailto:JMDslbjoao@sapo.pt)


De Anónimo a 12 de Junho de 2004 às 01:49
Qualquer pessoa que parte deste mundo é sempre de lamentar. Os valores da vida impõe-se a qualquer outro, mesmo acima da demagogia...Como tak lamento a partida de ambos. Lino de Carvalho foi no entanto um homem que sempre se bateu com honestidade pelos seus ideais, isso comove-me. Não que concorde com eles, (não entro em política interna) mas quem defende os seus ideais e luta pela justiça social merece toda a honra que se pode dar. Lino de Carvalho deixou-nos e leva com ele justiça, valores e ideais. Ficamos mais pobres sem esse grande homem. phobos
(http://filipeonline.blogs.sapo.pt)
(mailto:music_in_mars@hotmail.com)


De Anónimo a 11 de Junho de 2004 às 19:45
Dois grandes valores de uma assentada, é demais! Portugal empobreceu!jorgebond
(http://tounotop.blogs.sapo.pt)
(mailto:januarioassuncao@sapo.pt)


Comentar post